Estressados – Entenda como o estresse pode prejudicar a saúde do corpo e da mente


Estressados
Entenda como o estresse pode prejudicar a saúde do corpo e da mente

PorIlana Ramos

As pressões do trabalho, as cobranças da família, os cuidados com a saúde, a casa, os filhos, as finanças. Tudo isso pode deixar você esgotado no fim das contas. De acordo com o International Stress Management Association Brazil (Isma-BR), 30% dos brasileiros já perderam a cabeça por causa do estresse – a chamada síndrome do “brun out”. Aprender a driblar essa condição e deixar de ser mais um “estressado” pode ser a saída para uma vida mais saudável e alegre.

O estresse nada mais é do que uma reação natural do corpo a certas situações. De acordo com o clínico geral da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Paulo Olzon Monteiro da Silva, “o estresse acontece quando se passa por uma situação onde ficamos submetidos a uma pressão muito grande. Essa pressão resulta na liberação de radicais livres, é o que chamamos de estresse oxidativo”. Segundo a professora doutora no Departamento de Psicologia Clínica da Universidade e São Paulo (USP) Maria Lúcia Araujo Andrade, “o estresse acontece porque alguma coisa, por alguma razão, ultrapassou o limite da pessoa. Sejam as atribuições da vida diária ou até uma doença”.

A idade pode ser um agravante quando falamos em estresse oxidativo. “A capacidade de combater os radicais livres diminui com a idade e, por isso, pessoas com mais de 50 anos podem estar mais sujeitas às consequências dele. O sedentarismo aumenta a formação de radicais livres e quanto mais exercícios forem feitos, melhor. O excesso de ferro na alimentação contribui para o processo de oxidação e, por isso, é importante evitar carnes vermelhas. Mulheres na menopausa, por terem parado de menstruar, tendem a acumular esse mineral no organismo e devem ter a atenção redobrada”, alerta o médico.

Além dos afazeres do dia-a-dia e das doenças, outros fatores podem desencadear o estresse. Paulo diz que “tensões emocionais, fatores internos como cigarro, agrotóxicos, alimentação rica em carboidratos simples, falta de ingestão de vitaminas, álcool. Qualquer coisa que oxida as células do corpo pode levar ao estresse”. Maria Lúcia completa dizendo que “além das questões de fundo físico, não podemos esquecer o efeito do psicológico. Excesso de cansaço é um fator importantíssimo para o estresse. Se a pessoa souber conviver bem com as situações que a vida lhe dá, consegue superá-las sem sentirem-se estressadas”.

As consequências do estresse são muitas. De acordo com os especialistas, os efeitos podem aparecer tanto na mente quanto no corpo. A psicóloga afirma que “o estresse estaria dizendo que a pessoa está insatisfeita e não estão sabendo se recolocar na vida. O estresse pode ser um sinal de que algum coisa não vai bem nas ordens física, psíquica ou social”. Para o médico, as consequências físicas são também muito alarmantes. “Por liberar radicais livres, o estresse pode resultar em envelhecimento precoce, câncer, aumento da pressão, diabetes, além de insuficiências cardíacas”, destaca.

Para evitar o estresse e suas consequências não tem segredo. De acordo com Maria Lúcia, “as pessoas, nesse mundo teoricamente ‘avançado’ em que vivemos, estão se esquecendo da importância dos cuidados pessoais tanto com o corpo quanto com a mente. Manter uma atitude positiva diante da vida sempre que possível é importante para evitar o estresse, bem como fazer os exames periódicos e cuidar da alimentação e da vida social. Identificar o que está lhe causando estresse é o primeiro passo para contorná-lo”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s