Anjo do Dia 4 de Novembro


Anjo do Dia 4 de Novembro
LAOVIAH

O Anjo: Este anjo é invocado contra as fraudes e para obter a vitória. Influencia os grandes personagens que marcaram a história e ajuda o homem a obter graças pelo seu talento natural. A ajuda deste anjo será fornecida através das experiências de vida.

Influência: Quem nasce sob esta proteção, poderá descobrir muitas coisas que usará de forma prática no dia-a-dia. Será célebre por seus atos, melhorando sua personalidade a cada nova experiência vivida. Terá por todos com os quais se relacionar, sentimentos fortes e duradouros, pois tem uma intensa capacidade para amar. Será uma pessoa de sucesso e terá estabilidade financeira. Apaixonado por filosofia, compreenderá facilmente o mundo dos elementais. Enfrentará grandes desafios, tanto na vida sentimental quanto na vida profissional.

Profissionalmente: Fará sucesso em qualquer atividade, pois com sua coragem, nenhum obstáculo será suficientemente grande para detê-lo. Terá tendência para ser uma estrela no mundo político e na vida social. Poderá atuar como jornalista ou tornar-se um romancista célebre. Como hobby poderá dedicar-se à arte, à moda, à decoração e ao artesanato.

Anjo Contrário: Domina a indelicadeza, a ambição, a precipitação e o ciúme. A pessoa dominada por este anjo contrário, não saberá respeitar a vitória dos outros, podendo usar a calúnia para eliminar seus concorrentes. Poderá agir superficialmente e procurar amizades somente por interesses financeiros. Terá um exagerado amor por si mesmo, com forte tendência ao narcisismo.

Categoria: Querubins
Príncipe: Raziel
Protege os dias: 30/03 – 11/06 – 23/08 – 04/11 – 16/01
Número de sorte: 7
Mês de mudança: julho
Carta do tarô: O carro
Está presente na Terra: de 3:20 às 3:40 da manhã
Salmo: 17

Salmo 17

Para estar mais ligado a Deus, receber uma graça no campo afetivo ou profissional.

1 Ouve, Senhor, a   justa causa; atende ao meu clamor; dá ouvidos à   minha oração, que não procede de lábios enganosos.
2 Venha de ti a minha sentença; atendam os teus   olhos à eqüidade.
3 Provas-me o coração, visitas-me de noite;   examinas-me e não achas iniqüidade; a minha boca não   transgride.
4 Quanto às obras dos homens, pela palavra dos teus   lábios eu me tenho guardado dos caminhos do homem   violento.
5 Os meus passos apegaram-se às tuas veredas, não   resvalaram os meus pés.
6 A ti, ó Deus, eu clamo, pois tu me ouvirás;   inclina para mim os teus ouvidos, e ouve as minhas   palavras.
7 Faze maravilhosas as tuas beneficências, ó   Salvador dos que à tua destra se refugiam daqueles   que se levantam contra eles.
8 Guarda-me como à menina do olho; esconde-me, à   sombra das tuas asas,
9 dos ímpios que me despojam, dos meus inimigos   mortais que me cercam.
10 Eles fecham o seu coração; com a boca falam   soberbamente.
11 Andam agora rodeando os meus passos; fixam em mim   os seus olhos para me derrubarem por terra.
12 Parecem-se com o leão que deseja arrebatar a sua   presa, e com o leãozinho que espreita em   esconderijos.
13 Levanta-te, Senhor, detém-nos, derruba-os;   livra-me dos ímpios, pela tua espada,
14 dos homens, pela tua mão, Senhor, dos homens do   mundo, cujo quinhão está nesta vida. Enche-lhes o   ventre da tua ira entesourada. Fartem-se dela os   seus filhos, e dêem ainda os sobejos por herança aos   seus pequeninos.
15 Quanto a mim, em retidão contemplarei a tua face;   eu me satisfarei com a tua semelhança quando   acordar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s