TODAS AS BÍBLIAS SÃO IGUAIS? – Pe. Alberto Gambarini


TODAS AS BÍBLIAS SÃO IGUAIS?

1. Existe diferença entre a Bíblia católica e a protestante?
Sim. Esta diferença está no número de livros contidos no Antigo Testamento. Na Bíblia católica temos no Antigo Testamento quarenta e seis livros (46), e na protestante trinta e nove (39). Faltam, portanto, sete livros (Tobias, Judite, Baruc, Eclesiástico, Sabedoria, 1,2, Macabeus), além de certos trechos de outros livros (Daniel 3,24-90; 13,13 e Ester 16,24). Infelizmente, esta diferença de livros não é tão simples quanto imaginamos, pois gera diferenças naquilo que acreditam católicos e protestantes.

2. Por que existe esta diferença de livros?
A versão do Antigo Testamento usado pelos primeiros cristãos foi uma tradução grega conhecida pelo nome de versão dos Setenta (LXX, Septuaginta). Nesta tradução dos Setenta estão os quarenta e seis livros do Antigo Testamento usados pela Igreja Católica. Estes livros foram traduzidos do hebraico, língua original da Bíblia, para o grego, pelos judeus que moravam em Alexandria (Egito). Esta tradução foi sendo feita entre os anos 300 e 150 a.C., com a finalidade de tornar acessível o texto bíblico àqueles judeus que não mais conheciam o hebraico. Quando os primeiros cristãos começaram o seu trabalho de pregação da Palavra, precisavam de uma tradução do Antigo Testamento que fosse entendida por todos os homens daquele tempo, assim usaram a versão dos Setenta. Na formação do Novo Testamento vemos claramente a influência da tradução dos Setenta. Como exemplo da influência da tradução dos Setenta, citamos o trecho de Jo 10,22, que fala da festa da dedicação; esta festa só aparece nos dois livros dos Macabeus (IMc 4,59; 2Mc 1,.18; 10,1-8). Foi somente no século XVI, com a tradução da Bíblia para o alemão, feita por Martinho Lutero, fundador do protestantismo, que houve a modificação de 46 para 39 livros. Martinho Lutero, preferiu traduzir a sua Bíblia seguindo a tradução dos judeus da Palestina, em vez de usar a versão dos Setenta usada pelos Apóstolos e os primeiros cristãos.
Autor: Pe. Alberto Gambarini – 1/1/2007

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s