A LUTA CONTRA O PESSIMISMO – Nagib Anderáos Neto


A LUTA CONTRA O PESSIMISMO
Nagib Anderáos Neto

No jornalismo, o pessimismo é considerado bom, pois notícias ruins vendem mais, e a maioria dos leitores compartilha pensamentos negativos e sombrios com os profissionais da mídia; mas enaltecê-los não é bom. Uma coisa é ser realista, outra, pessimista. Devemos sempre contar com o imponderável nos projetos, algo não previsto, um evento fortuito.

Desenhar tais posições não implica pessimismo. Um pessimista jamais realizará algo grande. É inimaginável uma força positiva num pensamento negativo como a indiferença, a falta de vontade e estímulos, o desalento que elimina a esperança por sucesso e realização. Estar preparado para o pior não implica pessimismo, senão inteligência, realismo, bom senso.

O otimismo piegas é tão prejudicial quanto o pessimismo que subtrai energias, corrói esperanças e transforma a vida num mar de lamentações. Reclamar de tudo, achar que nada vai dar certo, imaginar que o futuro certamente será sombrio é alhear-se da possibilidade de conduzir a vida para um futuro melhorado.

A esperança é um sentimento superior, uma possibilidade que se desenha à mente de poder transformar a vida, melhorá-la, uma ativa espera por um futuro melhor, sinônima de paciência inteligente, não a passiva como a de Jó.

A morte em vida tem a ver com a falta de estímulos, alegria e esperança. Abandonar a inércia, a passividade e a desesperança significa ressurgir das cinzas como o pássaro imortal, uma verdadeira ressurreição que a lenda de Lázaro não soube explicar.

O amor transmite aos corações a confiança e a esperança, pois como bem disse Platão no Banquete, o que ama possui em si uma divindade, é possuído por um deus. Pensamentos sombrios, como os mencionados, sufocam a sensibilidade e podem fazer fracassar sentimentos como a amizade.

É inquestionável que o pessimismo ronda a mente de todos. Talvez por sermos inveterados colecionadores de fatos adversos e nos esqueçamos de tudo de bom que vai acontecendo no curso da vida. Temos uma tendência a ver as coisas negras. E aquele esquecimento pode sufocar um outro sentimento: a gratidão que nos faz experimentar a feliz sensação por um bem que recebemos de uma outra pessoa que se mantém viva em nossos corações.

Seria o caso de nos perguntar se nada de positivo aconteceu nos anos passados que pudesse alentar os vindouros e fosse o necessário estímulo para enfrentar as lutas futuras. E se fixarmos nossos olhos sobre a vida, para a trajetória percorrida como pais, filhos, irmãos, profissionais, veremos que muita coisa boa aconteceu. Por que então este quadro negro pintado pelo pessimismo?

Ele destrói os melhores ideais, subtrai energias e estreita a vida. Ao reagir contra essa corrente negra que ensombrece as mentes, reagimos contra a insensibilidade, a ignorância e tudo o que se opõe à frutificação de idéias felizes.

O pessimismo é um pensamento que deve ser eliminado dentro das mentes por encarcerar a inteligência tornando-nos tristes e sem esperanças. Combatê-lo significa trabalhar por um futuro melhor, dias mais alegres e cheios de alento.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s