Tempo para tudo


Tempo para tudo
Como equilibrar melhor o tempo entre a família, o lazer e o trabalho

Não se desespere à toa. Lembre-se de que o primeiro passo para você conseguir realizar todas as tarefas é o planejamento

Diversos profissionais e serviços especializados podem ajudá-la a cumprir melhor seus papéis dentro e fora do lar

Por mais que o ser humano tenda a guiar-se por um princípio de acumulação de tarefas, suas escolhas sempre implicam certa renúncia. Pense nisso e procure fazer uma coisa de cada vez

Uma forma justa de não sobrecarregar ninguém é redistribuir as tarefas domésticas entre o casal, inclusive contemplando uma maior participação do pai no cuidado dos filhos

Do mesmo modo que cada um deve ter um momento para si mesmo – inclusive a criança –, também é preciso dispor de um momento em que todos possam curtir juntos

Conseguir equilibrar melhor o tempo entre família, lazer e trabalho é o maior desejo dos executivos brasileiros, segundo estudo realizado recentemente pela Mariaca – Lee Hecht Harrisson, consultoria especializada em transição de carreira. O item estilo de vida foi considerado o mais importante para 53% das mulheres entrevistadas. “O resultado revela que as pessoas têm buscado mais equilíbrio entre vida pessoal e profissional, o que mostra uma mudança de paradigma, já que, no passado, a ascensão profissional e a busca de maior remuneração eram as coisas mais valorizadas”, explica Lúcia Costa, sócia-diretora da Mariaca.

De fato não é nada fácil desempenhar, com o máximo de perfeição, vários papéis ao mesmo tempo: o de esposa sempre presente, o de mãe dedicada e o de profissional bem-sucedida. Mas o principal é você tentar fazer o seu melhor em cada atividade – e sem carregar qualquer sentimento de culpa por estar se dedicando a algo em detrimento de qualquer outra coisa. Seguindo as dicas a seguir, você pode, sim, equilibrar melhor o tempo entre a família, o lazer e o trabalho:

Planejamento
O primeiro passo é o planejamento. “Para aliviar a memória do máximo volume possível de preocupações, faça duas listas para enumerar seus compromissos e tarefas separadamente”, recomenda o especialista em produtividade de tempo pessoal e empresarial Christian Barbosa em seu livro Você, dona do seu tempo. E não se esqueça de estipular também o tempo que você terá para se dedicar a cada uma de suas obrigações, para que você possa se programar melhor.

Bom senso
Outra dica dos especialistas em gestão de tempo é não confundir agilidade com pressa. Procure dedicar o tempo de fato necessário a cada uma de suas tarefas. Lembre-se de que imprevistos acontecem e, como tal, possivelmente farão com que você tenha que mudar o que já havia planejado. Antes de tomar qualquer decisão, respire fundo e, de cabeça fria, reorganize suas tarefas usando toda sua criatividade.

Mas há situações mais previsíveis que, se pensadas com antecedência, podem evitar muita dor de cabeça. Nas grandes cidades, por exemplo, o simples deslocamento de um lugar a outro pode fazer com que você perca muito tempo em trânsito. A melhor forma de evitar esse tipo de problema é apelar para o bom senso, como faz a florista Luly Vidigal, 47 anos, mãe de quatro filhos entre 10 e 21 anos. “Tento trabalhar bem próximo de casa para poder atender às necessidades dos filhos. Gosto de pegá-los na escola, levá-los nas atividades e assisti-los sempre que possível”, conta. “Dessa forma, quando estou trabalhando, consigo manter o foco profissional.”

Ajuda
Uma forma justa de não sobrecarregar ninguém é redistribuir as tarefas domésticas entre o casal, inclusive contemplando uma maior participação do pai no cuidado dos filhos. “Não se trata de uma inversão de papéis, mas sim de uma melhor distribuição das tarefas”, explica a psicanalista Simone Sarra.

Você também pode contratar uma babá e/ou uma profissional (diarista ou mensalista) para ajudar nos afazeres domésticos. Além disso, em creches, escolas e clubes, as crianças podem não só se entreter, como também aprender e se desenvolver.

Alguns casais também acabam recorrendo à terapia, especialmente quando as crianças têm entre 2 e 4 anos de idade. Segundo a psicanalista Simone, isso se deve, em parte, à dificuldade que ambos têm em conciliar as responsabilidades profissionais e familiares e ao desconhecimento do que esperar de seus filhos nessas idades. “Pais bem informados, por pediatras ou psicólogos, podem gerenciar melhor a situação estipulando limites, adequados à cada etapa, que lhes permitirão recuperar gradualmente o equilíbrio dentro e fora do casamento.”

Uma coisa por vez
Não importa quanto tempo do seu dia você poderá dedicar aos seus filhos, ao seu marido ou à sua profissão. A diferença está no rendimento que você poderá tirar dele. “Se tenho pouco tempo com meus filhos, procuro fazer com que esse tempo seja o melhor. É nessa hora que educo, dou bons exemplos e muito carinho”, afirma banqueteira Aninha Gonzalez, 38 anos, mãe do Pedro, de 4 anos, e da Olivia, de 3. Ela também conta que faz questão de estar com eles na hora de dormir, contar uma história e, no fim de semana, quando não está trabalhando, sempre busca fazer coisas legais com os filhos.

Sem culpa
A psicanalista Simone lembra que é crucial para a família que tanto a mulher quanto o homem possam alimentar sua individualidade. “A vez do casal, assim como a da criança, deve estar sempre salvaguardada dentro de uma rotina mais ou menos estruturada”, afirma. Do mesmo modo que cada um deve ter um momento para si mesmo – inclusive a criança –, também se deve dispor de um momento de um com o outro e de todos juntos.

Se mesmo seguindo essas dicas, você ainda nutrir um certo sentimento de culpa em relação a seus filhos, lembre-se de que as crianças também têm capacidade para entender e perceber o funcionamento das coisas. Dependendo da idade de seus filhos, vale compartilhar com eles quais são suas responsabilidades e como você se sente em relação a cada uma delas. Tenha em mente também que a sensação de ser amado não guarda relação direta com ser prontamente atendido. “A criança se sentirá segura sempre que se veja em uma rotina coerente que garanta sua vez”, explica Simone.

ICI Comunicação
Especial para o Terra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s