Alimentação na adolescência


Alimentação na adolescência
Cálcio é um dos minerais mais importantes nessa fase da vida

A adolescência é uma fase importante para formar bons hábitos alimentares

Deve-se evitar as calorias vazias dos fast foods

A vitamina C da laranja, por exemplo, ajuda na absorção do ferro

A necessidade de cálcio, como o presente no leite, aumenta na adolescência

Assim como o feijão, a lentilha contém ferro

O queijo é boa fonte de cálcio

Se você convive com um adolescente, já deve ter notado o tamanho do apetite que o jovem dessa idade costuma ter – e que às vezes parece até exagerado. Mas só parece, pois na adolescência o organismo precisa mesmo de energia extra para dar conta da famosa “fase de crescimento”, quando são promovidas grandes mudanças no corpo e os meninos e meninas se transformam em adultos. Nesse período, a própria exigência orgânica de alguns nutrientes aumenta.

A nutricionista Daniella Barbosa, de São Paulo, cita como exemplo o cálcio. Para se ter uma ideia, na infância a necessidade desse mineral varia entre 210 miligramas (crianças de zero a 6 meses) a 800 miligramas por dia (crianças de 4 a 8 anos). Depois, na adolescência, são necessários, em média, 1.300 miligramas diários. “O cálcio dá suporte ao pico de crescimento e garante o fortalecimento dos ossos nessa fase. O mineral é tão importante que é estocado em maior quantidade no corpo”, explica a nutricionista.

Para suprir a demanda de cálcio, é possível recorrer a bebidas lácteas fermentadas, queijos (de preferência os menos gordurosos) e iogurtes. Como presença frequente no café da manhã ou no lanche da tarde já turbinam a dieta. O mineral, no entanto, não está disponível apenas nos derivados do leite. Há verdes como o espinafre e o brócolis que ajudam a completar as necessidades diárias.

Outro nutriente mineral dos mais importantes para os jovens é o ferro, principalmente para as meninas, embora a necessidade masculina também aumente na adolescência. No caso delas, há uma novidade especial que exige a reposição do ferro com mais vigor: a menstruação. “Na infância, ambos os sexos precisam de 8 miligramas de ferro por dia. Depois, a demanda das garotas passa a 15 miligramas diários, enquanto a dos garotos fica em 11 miligramas”, aponta Daniella.

Meninas que seguem dietas para emagrecer, o que é comum ocorrer ainda na adolescência, devem tomar cuidado para ter as suas necessidades corporais atendidas e não desenvolver problemas como a anemia causada pela falta de ferro. O elemento é encontrado em feijão, lentilha, ervilha ou grão de bico, por exemplo. Mas é o ferro presente na carne vermelha, no entanto, o mais bem absorvido pelo organismo. O próprio consumo de vitamina C (encontrada em alimentos como limão, laranja, acerola, couve e repolho) ajuda nessa absorção.
Devagar no fast food

Embora os lanches no estilo fast food sejam uma solução atraente para o jovem que tem pouco tempo entre uma aula e outra, as tarefas da escola e as do curso de inglês, eles não devem virar um hábito. As batatas fritas e os sanduíches de lanchonetes podem ser muitos tentadores, mas geralmente são ricos demais em gordura e pobres em nutrientes, podendo levar a obesidade sem suprir o organismo de vitaminas essenciais.

“Assim como diversos tipos de produtos industrializados, esses alimentos ainda fazem o organismo gastar uma energia adicional para se desintoxicar. Essa energia poderia ser destinada a outros processos importantes, como os relacionados ao próprio crescimento”, afirma Daniella.

Além do consumo de ferro e cálcio, é importante que o adolescente não pule refeições, evite longos tempos em jejum e mantenha uma dieta equilibrada que abarque os diversos nutrientes fundamentais para o seu desenvolvimento. A adolescência, aliás, é a fase ideal para a formação de bons hábitos alimentares, avalia a especialista.

Custom Editora
Especial para o Terra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s