Frases para não dizer em uma entrevista de emprego


Você faz uma entrevista de emprego e sai achando que foi super bem.
Os dias passam e nada de receber aquele tão esperado telefone. O que será que você fez de errado? Saiba que em um mercado tão concorrido você pode ter perdido a vaga a apenas por causa de uma frase.
De acordo com o especialista em recolocação profissional Marcelo Abrileri, a utilização de frases de efeito, vazias ou que não demonstram pleno domínio do que querem dizer, podem prejudicar o candidato.
Para te ajudar a conseguir o sonhado emprego, Abrileri fez uma lista das frases que devem ser evitadas, confira:
1) “Sou criativo, com bom relacionamento interpessoal, sou dinâmico, tenho facilidade para trabalhar em equipe, tenho liderança…”: quando a pessoa diz ser muita coisa, a impressão que dá é que ela não o é. É como uma pessoa dizer que é bom goleiro, bom centro-avante e bom zagueiro. Pode até ser verdade, mas a impressão que passa é que esta pessoa está desesperada, e se está assim é porque anda sem emprego. Melhor do que dizer tudo isso é utilizar um destes pontos, dois no máximo, e mostrar os motivos pelos quais acredita ter estas habilidades, através de suas realizações de trabalho e resultados em empregos anteriores.
2) “Estou aqui para aprender”: o local de aprender é a escola e normalmente se paga para obter conhecimento. A empresa é local de desempenhar e trazer resultados, onde se recebe por isso. O objetivo dele é trazer resultados relacionados ao cargo para o qual será contratado.
3) “Meu principal defeito é ser perfeccionista”: esta é uma resposta normalmente dada para quando se pergunta ao candidato qual seu maior defeito. É uma resposta clichê e, na realidade sabemos que, muito embora perfeccionismo seja um defeito, é também uma forma de demonstrar uma qualidade. O melhor é realmente apontar um defeito que implique pouco em sua vida no trabalho e em que o candidato, de alguma maneira, esteja trabalhando para corrigi-lo.
4) “Minha empresa anterior não era um bom lugar para se trabalhar”: deve-se evitar falar mal de empregadores anteriores. Nenhuma companhia que está prestes a contratar um novo profissional gosta de imaginar que amanhã ela poderá ser a próxima a ser mal-falada.
5) “Saí da empresa porque puxaram meu tapete”: mesmo que isso tenha acontecido, é grande a chance de o candidato se atrapalhar caso seja solicitado a detalhar o assunto. Ele pode acabar falando mal de outras pessoas, o que pode não ser bem-visto, já que estas não estão presentes para se defender.
6) “Sou o melhor profissional que a sua empresa pode contratar”: é uma tentativa de marketing que pode ir contra o profissional, pois pode gerar interpretações como “a empresa não tem poder para contratar alguém melhor” ou julgamentos quanto à arrogância dele.
Por Larissa Alvarez

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s